Loading...

Privado ou público, o usuário tem que ser ponto central do serviço

Imagine um apartamento novo e bem decorado, mas que nos fundos tem um quartinho da bagunça. Você convidaria a visita a entrar pela porta da sala ou pela porta que daria para o quartinho? A resposta parece óbvia, mas, muitas vezes, o estacionamento rotativo é, justamente, esse quartinho. Só que ele é o primeiro contato do seu cliente com a sua empresa.

Atualmente, para se destacar em qualquer mercado, não basta apenas ter um serviço de qualidade, é necessário promover uma boa impressão durante toda a jornada. Isso se chama Customer Experience (em português: Experiência do Cliente), que trata do conjunto de percepções e impressões que um consumidor tem de uma marca do início ao fim. E nesses dois pontos (o início e o fim) é que está o estacionamento rotativo.

Promover uma boa experiência de estacionamento ajuda a construir toda a percepção do cliente, bem como ajuda a reter e atrair clientela. Contudo, um processo lento ou demorado pode colocar tudo a perder. Transformar o seu rotativo em um trunfo passa totalmente pela tecnologia. Nesse sentido, as soluções para estacionamentos inteligentes estão na vanguarda desta modificação.

O primeiro passo é melhorar a sua gestão, o que vai refletir em todo o processo e, consequentemente, na satisfação do cliente. É aqui que a Liquid Works pode te auxiliar com a Liquid Park, um sistema de gerenciamento para estacionamento privado. Acima de tudo, ele foi pensado para você ter uma solução prática e simples na palma da sua mão. 

  • – Pode ser usado na maquinha da Stone;
  • – Tem planos diferenciados conforme a quantidade de vagas e de estacionamentos;
  • – Faz a impressão do tíquete;
  • – Controle de entrada e saída de veículos através da placa;
  • – Cobrança de cartão integrada aos POS Safra.

Entre muitas outras funcionalidades. Saiba mais em https://www.liquidworks.com.br/liquidpark/

boa-experiencia-de-estacionamento-liquid-works

Boa experiência de estacionamento rotativo público

Ao contrário do que muita gente pensa, o estacionamento rotativo público é um dos campos mais frutíferos quando se fala em estratégias inteligentes e inovadoras. Inclusive, aqui no Brasil.  Ao passo que, as gestões públicas já entenderam que o usuário é o ponto central e o objetivo é facilitar o seu dia a dia. Para isso, a chave é a informação em tempo real e isso envolve o uso de sensores e dispositivos de comunicação que coletam e transmitem dados para um sistema central. Esse, por sua vez, comunica a disponibilidade de vagas de estacionamento aos usuários por meio de aplicativos.

Ao passo que transforma a experiência dos motoristas, o uso de sensores também reduz congestionamentos em cerca de 30% e a emissão de gases poluentes. Atualmente, cidades como Gramado (RS), Blumenau (SC), Bento Gonçalves (RS), Santo Ângelo (RS) e Cachoeiro de Itapemirim (ES) já utilizam desse dispositivo, possibilitando que o usuário localize as vagas livres via celular. A Liquid Work é responsável pela comunicação dos sensores com o app nessas cidades, além do sistema de gerenciamento do estacionamento rotativo delas. (Saiba mais em Solução Liquid – Sensores de Vagas).

Cada vez mais, as empresas administradoras de estacionamento rotativo, sejam públicos ou privados, irão precisar buscar o profissionalismo e inovações para proporcionar aos clientes experiências memoráveis. Soluções há no mercado, só é necessário que esses espaços deixem de ser vistos como o quartinho dos fundos e ganhe status de sala.